28 de abr de 2016

Lendo & Relendo: um pouco sobre confiar em alguém



Já lhe aconteceu momentos na vida em que viu sua confiança despencando ou simplesmente sentiu que não tinha o suficiente para enfrentar alguma situação?


A confiança é um dos sentimentos mais difícil de conquistar e mais fácil de se perder. Você passa anos construindo a confiança em si mesmo, nas pessoas, na vida e em Deus, e basta aparecer uma decepção e ela sai correndo para longe de você.

De fato, confiar é um passo muito difícil dar, pois significa que você está acreditando em algo ou alguém, ou seja, você cria expectativas e espera que sejam correspondidas. Mas, se você já levou alguns tapas da vida, sabe que lidar com expectativas é também lidar com decepções.

Acontece que, querendo ou não, não se pode viver sem confiança. Ela é uma emoção fundamental em conexão com todos os outros sentimentos que envolvem a vida e os relacionamentos que nela existem. Então meu caro, difícil ou não, você vai ter que confiar!

No andar da carruagem da vida, nos deparamos com inúmeras situações em que precisamos escolher entre confiar ou não confiar. Se você já passou por isso, saberá do que estou falando, mas se ainda não passou, meu caro, já te aviso que você ainda vai passar por esta dura escolha. Dessa forma, entendemos que a confiança não é só um sentimento, mas uma decisão. 

Mas, você já parou para pensar o que é de fato a confiança? Na maioria das vezes achamos que se trata apenas de "eu confio em você e você corresponde às minhas expectativas"... Sim, sejamos honestos, essa é a definição de confiança que praticamos muitas vezes com as pessoas ao nosso redor e principalmente com as que amamos.

Se eu confio em você, é óbvio que você não pode me decepcionar! Certo? Errado! Essa é a grande dádiva da confiança: ela não precisa de mérito. Um dia, li em um livro que "se você esperar que a confiança seja merecida, vai esperar para sempre", sabe porque? Porque a confiança não é uma cobrança, mas é o amor que esquece o passado e busca alcançar as pessoas aqui e agora.

Sim, isso quer dizer que se você escolher confiar, você também estará escolhendo amar. E é por isso que esse sentimento é tão difícil, porque nunca queremos que as pessoas que amamos e confiamos nos decepcionem de alguma forma. Mas, muitas vezes esquecemos que a confiança é uma via de mão dupla: para receber confiança dos outros, também precisamos ser confiáveis. E se existem pessoas que também confiam em nós, significa que também podemos decepcioná-las.

E é ai que entra a honestidade, não existe confiança sem honestidade. Admitir que o que existe dentro dos outros, também existe dentro de nós, e que os erros dos outros também podem ser os nossos erros, nos leva para mais perto da verdadeira confiança: aquela que aceita prontamente os pedidos de desculpas, perdoa o passado, cancela velhas dívidas, e entrega ao outro, novamente, o seu futuro.

Resumindo, confiar não quer dizer apenas "eu acredito em você" mas principalmente "eu aceito você". Mas, no fim das contas, quando aquela situação difícil aparecer na sua frente, confiar ou não confiar sempre será uma decisão estritamente sua, mas te convido à olhar através dessa perspectiva antes de tomar a decisão: sempre chega o dia em que precisamos que confiem em nós. 


"Alguém pode estar esperando para retribuir a sua confiança, confie agora."

Espero que tenham gostado! Beijos da Aru!

4 comentários:

  1. Confiar não quer dizer somente "eu acredito em você" mas eu "aceito você" �� Que texto lindoooo Aru, não sabia de mais esse talento seu, adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Lu lindona!! Que bom saber que gostou do texto... E pois é, hahaha mil e uma utilidades!! Beeijos enormes <3

      Excluir
  2. Nossa que lindo esse post! Eu já tive muita dificuldade para confiar nas pessoas e tenho tentado melhorar esse ponto desde que o identifiquei.

    Achei muito bacana que vocês pensaram em algo que afeta tantas pessoas silenciosamente.

    Essa frase foi incrível: "sempre chega o dia em que precisamos que confiem em nós"

    Obrigada meninas! Abraço duplo,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii! Fico feliz em saber que gostou do texto, escrevi sobre o assunto porque também precisei aprender a confiar mais nas pessoas... Espero ter ajudado! Beijos enormes e volte sempre!

      Excluir